A Influência das Cores no Ambiente de Trabalho

Atualizado: 22 de mar. de 2019

As cores no ambiente de trabalho influenciam diretamente no corpo e na mente das pessoas, além de provocar diferentes sensações tanto hormonais como de percepção.


O vermelho, por exemplo, pode acelerar os batimentos cardíacos e deixar os usuários mais agitados. Já o azul, muito utilizado em clínicas com atendimento à crianças e adolescentes, traduz calma e serenidade.


Consultórios médicos costumam investir alto em projetos de mobiliário, ergonomia e iluminação decorativa. Porém, muitas vezes, não dão a atenção devida ao quesito COR.

 

Dependendo da cor aplicada nas paredes, ou da textura do piso e do MDF, poderá ajudar ou atrapalhar no desempenho, tanto dos funcionários como do próprio profissional, além de colocar em risco a saúde e o bem estar dos pacientes.

 

Alguns aspectos que devem ser levados em conta:


1. TEMPERATURA: As cores possuem grande influência no espaço através da sua temperatura (tonalidade). É comprovado que as cores quentes (amarelo, laranja e vermelho) aproximam os objetos e dão a impressão de que o espaço é menor. As cores frias, (azul,verde e violeta) ampliam o espaço aparente.

2. TEMPO: A influência das cores está presente inclusive na percepção do tempo. O laranja e o vermelho causam a sensação de que o tempo passa mais rápido. Já o cinza e azul causam a sensação de que o tempo passa mais devagar.

3. INTENSIDADE: A dose correta e a intensidade das cores podem determinar o humor das pessoas. O verde, muito utilizado em hospitais e clínicas, se for usado em um tom claro, traduz calma e tranquilidade, porém, se for escolhido um tom muito escuro, pode provocar sintomas de depressão e crise de pânico. Já o amarelo, utilizado com moderação e em pontos específicos, traduz alegria, bem estar e criatividade, mas se for aplicado em todas as paredes, torna o ambiente cansativo e angustiante.

Saiba o Significado de algumas Cores e onde elas podem ser aplicadas:


VERDE: Esperança, calma e tranquilidade. Recomendado para hospitais, consultórios e clínicas. Preferencialmente em tons claros.


AMARELO: Alegria, vida e criatividade. Recomendado para escritórios, agências e escolas. Deve ser aplicado em pontos estratégicos (menos é mais).


AZUL: Energia, calma e serenidade. Recomendado para salas de reunião, clínicas infantis e escolas. Deve ser aplicado em um painel apenas (elemento focal).


BRANCO: Amplitude, limpeza e paz. Recomendado para todo o tipo de ambiente, principalmente aqueles onde há pouca luminosidade natural ou que exige manuseio de ferramentas e/ou procedimentos cirúrgicos. Se for utilizado em todas as paredes, deve-se equilibrar a monotonia com móveis amadeirados e coloridos.


VERMELHO: Alegria, proximidade e amor. Recomendado para ambientes de fast food, restaurantes, Shoppings e agências. Dever ser utilizado com cuidado, em apenas alguns painéis ou detalhes.


ROXO: Criatividade, tranquilidade e religiosidade. Recomendado para escritórios e área de contemplação. Deve ser aplicado em apenas um painel decorativo.


Embora já esteja estabelecido o significado e o que traduz cada cor, deve-se ter o entendimento de que não é uma ciência exata, sendo apenas uma direção para ajudar na escolha.


Além disso, os fatores culturais, estímulos do mundo externo, as experiências de um grupo, o contexto social e outros elementos da comunicação devem ser considerados na escolha da cor.

Identificar seu público alvo, entender seu contexto, necessidades e cultura poderá ser um filtro eficiente na tomada desta decisão.


Enquete: Qual é a sua cor preferida? Responda nos comentários!


A M2E Arquitetos Reforma e Construção atua na Cidade de Passo Fundo, Região e Litoral Norte há mais de 15 anos com Projeto, Execução, Administração e Construção de Obras Comerciais e Residenciais, Arquitetura de Interiores e Design. Possui Mão de Obra Especializada de fino acabamento e acompanhamento exclusivo em todas as etapas.

Quer saber mais? Então clique logo abaixo e conheça um pouco mais da nossa história.


<<<Clique AQUI e Saiba Mais>>>

Referências:

The Psychology of Color in Marketing and Branding – Gregory Ciotti;

A cor como informação – Luciano Guimarães Cruz (heráldica) – Wikipédia;

Psicologia Organizacional – Denise de Camargo – 2009;

Psicodinâmica das cores em comunicação – 5° ed. São Paulo – Modesto Farina;

The power of the pink – John Heley Link: http://www.theguardian.com/theguardian/2009/dec/12/pinkstinks-the-power-of-pink


#arquiteturadeinteriores #colortintas #suvinil #tinta #evento #decoracao #arquitetura #amotudoisso #viverdedecoracao #m2earquitetos #riscadegiz #lousaecor #m2earquitetos


75 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo